Páginas

14 outubro 2013

Simplesmente Ana

Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.


Ana Carina Bernardes, ou simplesmente Ana como ela prefere, é uma garota de 20 anos que leva uma vida comum. Mineira, estudante de Direito, nunca conheceu seu pai que, conforme sua mãe lhe contou quando ainda era criança, sumiu quando descobriu que ela estava grávida.

Porém, a vida de Ana vira de pernas para ar quando sua mãe, Olívia, aparece no programa da Ana Maria Braga. Após a exibição do programa, Ana recebe um recado no seu Facebook “Desculpe, mas acho que sou seu pai.”

Imagine descobrir assim que o pai que você já havia desistido de esperar aparece do nada?! Pois é, Ana vai a fundo e descobre que sua mãe mentiu e que ela sim fugiu de Londres quando descobriu que estava grávida, ainda por cima, do herdeiro do trono da Krósvia. Agora rei, Andrej, quer recuperar o tempo perdido com sua filha e pede que Ana vá à Krósvia para conhecer o país onde estão suas raízes paternas. 

Mesmo resistindo inicialmente, Ana acaba indo com o pai e descobre como Krósvia é linda, com seus jardins belíssimos, coloridos, sua arquitetura e as paisagens paradisíacas. Porém, tendo muitas atribuições como rei, Andrej não pode dar à Ana a atenção necessária nem levá-la para conhecer Perla (capital da Krósvia) nem outros locais, sendo assim ele passa essa função para sua assistente Irina e posteriormente seu enteado Alexander se oferece para ajudá-la à conhecer o país.

Alexander é filho da rainha, falecida a alguns anos e como Andrej confia plenamente nele, deixa Ana a cargo dele, até porque ninguém da mídia ainda sabe da existência de um herdeiro do trono da Krósvia.

Existe logo de cara uma implicância por parte de Alex com Ana, mas com o tempo eles se tornam muito próximos. Tanto até que Ana passa a se perguntar o que de fato sente por Alex. 


Boa Leitura..

paginas