Páginas

08 dezembro 2014

Claro que te amo!


 
"Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil!"

Este foi meu primeiro contato com as obras da autora, mas adorei e logo dei um jeito de providenciar o livro Garota Replay para minha estante.


 Piera, uma jovem de 19 anos que mora apenas com seu pai, sua mãe os abandonou quando ela era pequena. Há um ano ela foi deixada pelo noivo com a simples declaração: “Descobri que não te amo mais”, após seis anos de relacionamento. Agora ela se vê na porta da igreja, assistindo escondida à cerimônia de casamento de seu ex. O objetivo dessa tortura era tentar se libertar do seu passado.
O relacionamento com André, seu ex, já não andava muito bem, mas era cômodo e o rompimento provocou mudanças na vida de Piera que vieram com muita dor. Para completar o drama da personagem principal, sua mãe entra em contato após tantos anos sem dar notícias. Internada em uma clínica, ela não está muito bem de saúde. E ainda que o retorno da sua mãe tenha gerado grandes conflitos internos, ele também foi responsável por colocar na vida de Piera o Marcelo , um jovem médico da clínica onde Cecília estava internada.

A leitura é muito fácil, rápida e agradável. O livro é narrado por Piera e conta seu  ponto de vista, seu relacionamento sincero que Piera tem com seu pai, um homem bom, honesto, que sempre fez de tudo para cuidar bem de sua filha. Eles são grandes amigos e confiam amplamente um no outro. 
 Piera um pouco dramática e muito confusa. Diversas vezes ela fazia alguma coisa mesmo sabendo que aquilo não era o que queria e que iria “trocar os pés pelas mãos”. Mas gente, ela tem 19 anos e é nessa idade que começamos amadurecer e descobrir o que queremos da vida. Outro ponto forte são suas amigas, bem humoradas e de bem com a vida ajudam Piera a lidar com seu dia-a-dia. 



Os títulos de cada capítulo são bem pertinentes, sempre acompanhados de alguma frase que indica o que vem a seguir.  Uma história fofa, a vida de uma garota com seus dramas, suas dúvidas, alegrias e vitórias.



Boa Leitura...











OLA....


NOSSA ESTIVE LONGE POR UM BOM TEMPO, MAS AGORA, DE VOLTA COM NOVOS EXPERIÊNCIAS, HISTÓRIAS E PROJETOS.....

ESPERO PODER MOSTRAR UM POUCO MAIS DE MIM NAS MINHAS POSTAGENS,LER PRA MIM, É UM DOM DE DEUS... PODER VIAJAR NO MUNDO DE PERSONAGENS QUE ENCANTAM, APAIXONAM , CHORAM, SOFREM, MATAM E MORREM POR SEUS AMORES E IDEAIS. 

ESPERO PODER POSTAR MAIS E ASSIM ESTAR MAIS PRESENTE 
BEIJO A TODOS.

                                                                                     SYLVINHA

paginas